Nesta semana pesquisadores do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) embarcaram no barco Primavera XX para coleta de amostras de tainha. 

A ação. Idealizada pelo Centro Nacional de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade Marinha do Sudeste e Sul (CEPSUL), Conselho Nacional de Pesca e Aquicultura (Conepe) e tem o apoio do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Pesca de Santa Catarina (Sitrapesca) e Sindicato da Indústria da Pesca (Sindipi). 

A pesquisa tem como foco a tainha, deve trazer para terra cerca de 500 amostras do peixe e contribuir para um diagnóstico sobre o estoque da espécie. 

“Isso é dever do governo, como não faz, o setor pesqueiro está se mobilizando para contribuir”, explica o presidente do Sitrapesca Henrique Pereira.