O presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Pesca de Santa Catarina (Sitrapesca) Henrique Pereira viajou a Brasília nesta semana para debater a safra da tainha 2019.

 

As reuniões sobre a pesca da tainha acontecerão nesta quarta e quinta-feira (13 e 14 de março) e devem definir os detalhes a respeito da captura de um dos principais peixes do litoral sul do Brasil.

 

Em 2018, depois de uma intensa luta da categoria, 50 embarcações conseguiram a licença para capturar a espécie. A expectativa para 2019 é conseguir, no mínimo, o mesmo número de licenças.

 

A temporada da tainha tem início sempre em junho e é uma das safras mais importantes para a modalidade de cerco.